Conjunção celeste no Paranal

No céu nocturno do Observatório do Paranal, sobre o Very Large Telescope do ESO (VLT), a Lua brilha em conjunção com dois companheiros brilhantes. Alto no céu e brilhando ao centro da imagem encontra-se Vénus, o vizinho planetário mais próximo da Terra. À sua direita temos o gigante, se bem que mais distante, Júpiter. Estas posições aparentes muito próximas no céu- embora os corpos celestes estejam na realidade a dezenas ou centenas de milhões de quilómetros de distância uns dos outros - são chamadas conjunções.

Outros aspectos diferentes fazem a delícia desta vista nocturna do Paranal: o plano radiante e avermelhado da Via Láctea, aparecendo no horizonte e um dos Telescópios Principais de 8,2 metros do VLT, assim como um Telescópio Auxiliar de 1,8 metros, ambos firmemente pousados no chão.

Créditos:

Sobre a imagem

Id:yb_vlt_moon_cnn_cc
Língua:pt
Tipo:Fotográfico
Data de divulgação:6 de Julho de 2020 às 21:00
Tamanho:3632 x 2432 px

Sobre o objeto

Nome:Paranal
Tipo:Unspecified : Technology : Observatory

Formatos de imagens

JPEG grande
1,8 MB

Papéis de parede

1024x768
238,9 KB
1280x1024
376,6 KB
1600x1200
525,0 KB
1920x1200
626,3 KB
2048x1536
797,0 KB

 

Veja também